quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Dez coisas para orar por sua esposa

Não tenho dúvida que para ser um bom pai, antes devemos ser bons maridos. Um marido piedoso, ora por sua esposa.
Nossa fome por Deus não deve estar confinada ao nosso mundo pessoal. À medida que O conhecemos e nos deleitamos em tudo que Ele é para nós em Cristo, nossa alegria nEle ultrapassa a experiência pessoal numa busca para ser reproduzida em outras pessoas.

Uma das maneiras mais fáceis de percebermos isso é a forma como oramos – desejando e pedindo pelos outros as mesmas coisas que desejamos para nós mesmos. É algo maravilhoso – um milagre – quando investimos tanto nos outros quanto investimos em nossa própria santificação. E, obviamente, o melhor lugar para começar isso é com o nosso cônjuge.
Sendo assim, homens, eis aqui dez coisas que desejamos de Deus (e pedimos a Ele) em favor da nossa esposa:

1 – Deus, seja o Deus dela – o tesouro que a satisfaz. Torne-a zelosa pela sua exclusividade sobre todos os seus outros desejos e vontades (Sl 73.24-25).

2 – Aumente a fé dela – dê a ela uma confiança sólida de que Seu poder incomparável sempre a conduz para o seu bem absoluto em Cristo (Rm 8.28-30).

3 – Aumente a alegria dela – alegria em Ti que despreza tudo em favor da riqueza de Sua graça em Cristo e que diz, de maneira firme, clara e alegre: “Irei a qualquer lugar e farei qualquer coisa enquanto souber que estás comigo” (Ex 33.14-15).

4 – Amoleça o coração dela – resgate-a do cinismo e a torne tenra à Sua presença nos detalhes mais complicados. Das fraldas sujas a uma multidão de outras necessidades que o Senhor a chamou para cumprir (Hb 1.3).

5 – Faça com que ela ame a Sua igreja – que ela edifique relacionamentos em sua vida que a desafiem e a encorajem a caminhar na verdade do evangelho, e faça com que ela ame o ajuntamento, a Ceia do Senhor, e a vida diária do Corpo (Mc 3.35).

6 – Dê sabedoria a ela – permita que ela enxergue a dimensão da realidade que sou capaz de ignorar e que acompanhe a Sua visão com um espírito dócil e tranquilo (1 Pe 3.4).

7 – Preserve a saúde dela – continue a ministrar seu dom da saúde e não nos permita ser presunçosos; estamos falando de uma graça que foi comprada com o sangue (Sl 139.14).

8 – Multiplique a influência dela – encoraje e aprofunde o impacto dela em nossos filhos. Dê a ela pequenos vislumbres disso. Que o amor dela seja evidente aos vizinhos e desperta nela maneiras criativas de investir neles por causa de Cristo (Jo 12.24).

9 – Permita que ela ouça a Tua voz – que ela leia a Bíblia e a aceite como ela é, a Sua Palavra… a Sua própria Palavra onde quer que ela viva, cheia de graça e tudo que ela precisa para uma vida de santidade e piedade (2 Pe 1.3).

10 – Que ela fique maravilhada com Cristo – pelo fato de estar unida com Ele, pelo fato dela ser uma nova criatura nEle, pelo fato dela ser Sua filha… não mais em Adão, e morta para o pecado; agora em Cristo e viva em Ti, para sempre (Rm 6.11).

Fonte: www.todahelohim.com

0 comentários:

Postar um comentário